quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Resenha | O MUNDO DE VIDRO (Maurício Gomyde)

O Mundo de Vidro"Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? E quando não se admite a óbvia paixão por outra pessoa? Neste seu primeiro e hilariante romance, Maurício Gomyde conta a história de duas pessoas, Ele e Ela, tentando responder estas aparentemente simples perguntas.

Passeando com extrema facilidade tanto pela linguagem refinada e sutil quanto pela tosca, Maurício Gomyde nos brinda com um livro de leitura fácil e extremamente agradável."


PORTO 71 | 235 PÁGINAS | LOJA VIRTUAL | SKOOB

Quando fiquei sabendo que o Maurício Gomyde estaria na Bienal de Minas (2014) eu fiz questão de ir no dia que ele estaria lá, conheci o trabalho dele por volta de 2011. Quando recebi seu primeiro livro (ainda nesse ano), li a primeira edição e gostei muito.

O Maurício é super simpático e gente boa. Deu até pra gente trocar umas ideias e eu resolvi fazer um IG literário! Saí de lá com dois de seus livros autografados e muito feliz.



"O Mundo de Vidro", é totalmente fora do padrão, não de um jeito ruim, de um jeito maravilhoso e encantador, começando pelo prefácio, onde o leitor já tira boas risadas por lá. O Maurício é criativo e tem um ótimo senso de humor.

Essa primeira foto, é a primeira versão 2005. Já a de capa verdinha (e bem lindinha, diga-se de passagem), é a mais nova (2011). E posso falar uma coisa? O que era bom ficou ainda melhor. Eu adorei a segunda edição de "O Mundo de Vidro". Ficou mais engraçada e mais detalhada. Sabe aquela história que tem tudo pra ser um clichê? Do rapaz atrapalhado que quer conquistar a super gata? (E vale de tudo pra conquistá-lá). Pois é, esquece isso... O livro toma esse rumo mas não o considero clichê pelos altos e baixos que os personagens tem, você imagina uma coisa e vem outra.

É uma história até imprevisível e com personagens bem incomuns. Também acho que o autor tem uma forma única de escrever, nunca vi igual. Pra começar os protagonistas são chamados de "Ele" e "Ela" até um certo ponto da história. Achei isso muito interessante.



"Ele" se apaixonou pela garota desde o instante que a viu. Mas é um cara simples, triste, com uma papagaia que se chama Horácio (sim!!) que funciona como um despertador nada educado. "Ela" é professora e vê o cara apenas como um aluno. Eles até se tornam amigos, até ele compor uma música para ela e dá tudo errado...

"Ele" é atrapalhado e "Ela" está confusa. "Ele" está apaixonado e "Ela" está superando um rompimento. "Ela" passa a receber por e-mail vários capítulos de um livro de romance que se chama: O Mundo de Vidro. Quem seria dono de palavras tão doces e criador de um cenário tão romântico? É o que ela questiona. No desenrolar da estória vemos duas pessoas em busca do amor e nada mais. Super recomendo o livro. Maurício traz uma linguagem divertida e provoca várias risadas durante a leitura.

Se você curtiu a resenha, você pode conferir mais por aqui http://www.mauriciogomyde.com/

Book Trailer

6 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Que resenha linda, sim, linda mesmo, a forma encantada e sublime que você fala do livro é capaz de gerar em qualquer pessoa uma vontade de lê-lo, de verdade, parabéns!
    Estou seguindo e adorando o blog <3
    Beijos.
    Tenho um blog no qual falo sobre filmes, series e cultura no geral. Se puder dar uma conferida ficarei muito grata: http://cineleva.blogspot.com.br/ :)

    ResponderExcluir
  2. Adoreeei a resenha!
    Nunca tinha lido nada sobre esse livro do Gomyde, curti muito, parece ser lindo! O conheci pessoalmente tbm e é muito gnt boa msm.
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oie, Tamyres, tudo bem? Primeira blogueira que eu encontro com o nome igual ao meu! hahahaha õ/

    Sabia que eu tenho medo do Gomyde? Eu acho que ele tem um olhar assustador! hahahahah
    Eu o encontrei na Bienal aqui do Rio esse ano, mas nem falei com ele. Fiquei com vergonha de ir lá sem ter lido nenhum livro dele...bobeira, né?
    Interessante esse negócio do Ele/Ela...não deu nervoso não? Quando eu li Caixa de Pássaros eu fiquei agoniada das crianças não terem nome...elas eram menino e menina! hahahaha
    Adorei a resenha! Nunca li nada sobre ele...só vejo coisas sobre Surpreendente!.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook
    PARTICIPE DA PROMOÇÃO NATAL LITERÁRIO E CONCORRA A DOIS KITS RECHEADOS DE LIVROS!

    FELIZ NATAL! :)

    ResponderExcluir
  4. Oiiin, esse livro deve ser mesmo encantador.
    Sou super adepta a essas histórias de amor que fogem do comum. São as melhores! Quando são misturadas com um autor inteligente e bem humorado então... Melhor ainda.
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Sua resenha está ótima. Tanto, que me convenceu a comprar o livro. Espero gostar tanto da leitura como você. Abs

    ResponderExcluir
  6. Adorei a capa!! Fiquei interessada hahaha


    Bjs

    ResponderExcluir