sábado, 15 de agosto de 2015

Resenha | Garota Exemplar – Gillian Flynn

Uma das mais aclamadas escritoras de suspense da atualidade, Gillian Flynn apresenta um relato perturbador sobre um casamento em crise. Com 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo – o maior sucesso editorial do ano, atrás apenas da Trilogia Cinquenta tons de cinza –, "Garota Exemplar" alia humor perspicaz a uma narrativa eletrizante. O resultado é uma atmosfera de dúvidas que faz o leitor mudar de opinião a cada capítulo. Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?


“Garota Exemplar” é uma história centrada em Nick Dunne e Amy Elliot, um casal em crise. Tudo começa no dia do quinto aniversário do casal e Amy desaparece deixando um cenário de briga para trás. Logo as investigações demonstram um crime por trás de tudo e as possíveis provas do crime se revelam contra o marido.

O livro mostra muito bem como a influência da mídia tem poder sobre o julgamento de uma pessoa e como ela pode moldar ou delinear o curso de um acontecimento. A mídia pode ser bem cruel e esmagadora nesse sentido.

O livro é dividido entre três partes, sendo os capítulos alternados entre as falas da Amy e Nick, a primeira contem partes do diário da Amy, que é parte fundamental para o desenvolvimento do livro. As partes seguintes são repletas de reviravoltas. Depois delas, não tem como voltar atrás, viu?

Não encontro uma palavra que possa descrever esse livro, mas sem dúvida ela seria seguida de muitos pontos de exclamação (!!!!!!!!!!) tamanha a minha revolta e choque que tive com ele. A trama desenvolvida pela Gillian Flynn é inteligente, engenhosa, perturbadora, cruel e complexa. Ta aí, talvez se eu colocasse essas palavras em um liquidificador eu conseguiria uma palavra que faz jus a história.

Muito da história já começa a ser revelado já no meio dela. Perguntas clássicas como: “quem?”, “por quê?” dão lugar para uma: COMO? Como alguém pode ter pensado nisso tudo? Como uma mente pode ter se desviado tanto do comum. E pior, com base em “Garota Exemplar”, o quanto você realmente conhece de uma pessoa?
"As pessoas querem acreditar que conhecem as outras. Pais querem acreditar que conhecem seus filhos. Esposas querem acreditar que conhecem os maridos."




Tudo se encaixa perfeitamente bem, não achei nenhum ponto solto na história.

Achei o final de lascar viu. Mas não poderia ser diferente. Se tomasse o rumo que todos esperam, acabaria se tornando só mais um livro do gênero. No entanto, Gillian cria um final arrebatador que deixa os leitores com ódio e com vontade de... Sei lá, bater nos personagens? Jogar o livro na parede? Não que isso fosse mudar a história. Já diria o Chico Pinheiro, “é vida que segue”. 

“- Sinto pena de você.- Por quê?- Porque toda manhã você tem de acordar e ser você.”

Eu realmente tenho medo da autora, se ela criou uma personagem sociopata nesse livro, tenho medo de saber o que se passa na cabeça dela. "Garota Exemplar" foi o primeiro livro do gênero suspense/thriller psicológico que leio e sai muito da minha zona de conforto literária, tendo em vista que amo romances e chick-lit, mas quer saber? Fazer isso faz muito bem e me sinto muito satisfeita por ter lido esse livro. Ele é fantástico.


Leitura recomendada! 

11 comentários:

  1. Adorei a sua Resenha! Já tinha me interessado pelo livro, com certeza vou ler

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamy! Acho que nãoa é novidade que sou louca para ler esse livro. Você sabe também do meu dilema entre ler primeiro ou me render ao filme... já que ele está mais acessível no momento! kkk Acabou que não deu certo e me sobrou o livro para novembro ainda. No black friday. Só poderei voltar aqui e dizer o que achei exatamente da resenha... assim que eu ler o livro. Sou meio que psicopata e morro de medo de ler sinopses. Só leio mesmo opiniões. E como você adorou... já sei que não vou me arrepender! Afinal, temos um gosto bem parecido.

    De suspense e que tem a pegada de "Garota Exemplar" li apenas "Psicose" .... e foi fantástico também. Vale a pena. Recomendo. Beijãoo e adorei as fotos. Principalmente a primeira.

    http://www.psicoseliteraria.com/

    ResponderExcluir
  3. Acabei assistindo o filme antes de ler, mas isso só me deixou com mais vontade de lê-lo. Adorei a resenha! Lerei o livro em breve.

    ResponderExcluir
  4. Tamy! Sou uma das poucas pessoas que não gostou desse livro, hahahah.
    Concordo com todos os adjetivos que você usou para descrevê-lo, mas para mim a leitura foi cansativa e enfadonha. Acho que não me identifiquei com o gênero mesmo..

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Outro livro que já passou da hora de eu ler. Muita gente fala bem e eu estou louco para ler. Adorei a resenha! Aumentou minha vontade haha'
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Inelizmente eu assisti o filme, e só depois descobri que era adaptação de um livro hahaha mas só aumentou minha vontade de ler. Bela resenha, parabéns!!


    ps. amei as fotos, foi você quem tirou?

    ResponderExcluir
  7. Oi Tamyres
    Eu entrei em uma baita ressaca com este livro!! Eu só não gostei do final, embora muita gente tenha gostado.
    AMEI as fotos <3
    Beijos!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Tamyres, adorei a resenha. Este livro ta na minha meta de leitura do ano e ainda não adquiri, mas vi o filme no qual eu gostei bastante. Beijos

    http://dicasdaisacereser.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. eu não sei mas algo não me chama tenção nesse livro, ainda não vi o filme. De repende quando vê o filme me interesse. Eu devo ser a unica que gosta de vê o filme pra depois ler o livro kk
    beijo, colhendosonhos

    ResponderExcluir