domingo, 26 de julho de 2015

Tag | Livros e chocolate










Lá no meu instagram (@umamordelivro), a @supimposa me obrigou a comer um chocolate, ai ai ai... É a TAG #chocolateliterário, mas ela também é conhecida como "Livros e Chocolate". 


1. Chocolate meio-amargo: um livro que cobre um tópico obscuro: "Garota Exemplar". Só tem psicopata aí. É um livro ótimo e muito inteligente, não sou de ler livros nesse tema, mas Garota Exemplar me deixou curiosa e abriu minha mente para outros gêneros.

2. Chocolate branco: um livro leve e bem-humorado: "Um Amor de Cinema". Ah, como eu amo esse livro. Possui a fórmula que não tem como dar errado: romance + comédia + filme. A leitura é tão leve e divertida que da pra ler numa sentada. Muito fofo e querido. Amo.

3. Chocolate ao leite: um livro que virou moda e você está morrendo de vontade de ler: Qualquer um da "Colleen Hoover" pode ser? "Métrica", "Um caso perdido", "Maybe Someday"... Qualquer um. Essa mulher tá famosa lá no IG e não li nadinha dela. 

4. Chocolate com caramelo: um livro que te fez sentir todo meloso durante a leitura: "Sempre foi você". Não tem romance mais meloso que esse. A história é ótima, mas é eu te amo pra cá, dança pra lá, noitadas ali e muito mais.

5. Chocolate com wafer: um livro que te surpreendeu ultimamente: "O Teste". Uma das minhas últimas leituras, toda a trilogia me deixou bem satisfeita.

6. Chocolate com amendoim: um livro que está te fazendo surtar: "Conte-me Seus Sonhos", normalmente, qualquer livro do Sidney Sheldon me faz surtar. Virei uma grande fã quando li "Se Houver Amanhã", suas histórias são incríveis e muito bem escritas. "Conte-me Seus Sonhos" me fez surtar porque é uma leitura que te prende e te faz querer chegar logo ao final de tudo.

7. Chocolate quente: um livro que te conforta: "Extraordinário". Um livro extraordinário como esse, merece essa nomeação, a força e carisma de August Pullman, o pequeno grande Auggie, traz um grande conforto.

8. Caixa de chocolates: uma série bem variada para agradar pessoas de vários gostos: "Percy Jackson e os Olimpianos"/ "A Seleção". Acho que essas duas sérias agradam gregos e romanos né? Percy Jackson é minha série xodó desde muito tempo. E "A Seleção" me conquistou com o tempo, me fazendo lê-la em poucos dias. Então escolho as duas.

Quais seriam a escolha de vocês?

___________________________________________________________________________________________
Vou convidar minhas parceiras do projeto 6 on 6 para responder a TAG também.

Livy (no mundo dos livros) | Lu (psicose literária) | Mari (na estrada da fantasia) | Ana e Bia (na sua estante) | Mile (books on first)

sábado, 25 de julho de 2015

Resenha | Austenlândia - Shannon Hale

Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD.



Jane Heyes está traumatizada após diversos relacionamentos irem por água abaixo. Apaixonada pelas obras da Jane Austen, tudo só complica quando ela se torna obcecada pelo Sr. Darcy, que ofusca qualquer pretendente que possa aparecer no meio do caminho. Quando ela recebe de herança, da sua tia-avó Carolyn, uma viagem de três semanas para Austenlândia (um lugar com regras para se portar como no século XIX). Jane vê ali sua chance de finalmente vivenciar o seu grande romance. Além disso, ela coloca na cabeça que aquilo é uma forma de eliminar qualquer tipo de obsessão por essa fantasia que ela cultivou por tanto tempo.

O livro todo é narrado em terceira pessoa. E por incrível que pareça, não me incomodou. Tive a leve sensação que eu estava sentada em um teatro durante a leitura. Que por sinal, é muito leve e de fácil entendimento. Os personagens são divertidos e a autora criou bons diálogos. Um bom enredo e personagens cativantes. O livro ainda possui um romance gostoso de acompanhar, mas além disso, gostoso foi acompanhar de forma tão simples o presente e o passado lado a lado. Austenlândia nada mais é do que um local encenado com homens cavalheiros, mulheres com seus vestidos românticos e espartilhos apertados e pose de madame e nada de celular. Todos devem seguir à risca as regras do local, mesmo estando em uma época tão diferente. A diversão fica por conta desses momentos.

A história também foca no reconhecimento da mulher madura e forte, por exemplo, Jane é uma mulher que se entregou à uma fantasia que é o Sr. Darcy em sua vida e precisou de pouco para perceber que ela não precisa de nada disso. E de alguma forma, ela tenta se livrar desse mundo a sua maneira. Gostei do livro e recomendo não só para amantes da obra da Jane Austen, como também para quem busca um romance leve e tranquilo.






quinta-feira, 23 de julho de 2015

Resenha | Soul Love - Lynda Waterhouse


SINOPSE | Jenna não quer trair os amigos e não revelará o que se esconde por trás de sua expulsão do colégio, assumindo toda a culpa sozinha. Como castigo sua mãe a levou para passar algum tempo com uma tia numa tediosa cidadezinha do interior. É lá que Jenna encontra Gabe, um rapaz autêntico, melancólico e reservado. Completamente diferente de todas as outras pessoas ela conhece. É inevitável: Jenna se apaixona por ele. Será que Gabe é sua alma gêmea? Ele mostra a Jenna a beleza de um céu noturno sem nuvens, escuro, um contraste perfeito para o brilho das estrelas. E, em meio a livros, música, poesia e noites estreladas, o sentimento entre eles se torna cada vez mais forte. Mas Cleo, uma garota antipática que tem uma ligação muito estranha com Gabe, não está gostando nada desse romance. Afinal, ela não quer que ninguém mais saiba o grande segredo de Gabe...

Suas respectivas versões, a primeira é a brasileira.


"Todo ano, no primeiro sábado de agosto, às dez da noite, olhe para o céu e verás Cassiopeia, ao norte. Eu estarei fazendo o mesmo"
Vejo que esse livro é pouco conhecido e no entanto, possui uma história tão linda e emocionante e com um assunto delicado mas de suma importância. Ele foi lançado em 2009 pela Editora Melhoramentos.

Lynda Waterhouse conta a história da Jenna, uma garota bem problemática que vai passar alguns dias na casa da tia em uma cidadezinha, para ficar longe de mais problemas. O que a garota achou que seria o maior tédio, se tornou um dos momentos mais importantes e significativos da sua vida. Mas até isso acontecer, você precisa entender um pouco como tudo isso foi acontecer.

Jenna foi expulsa da escola e por isso sua mãe acha que puni-la na casa da sua tia vai fazer a garota pensar no que fez. Lá na sua nova e temporária casa, ela conhece seu vizinho Gabriel, ou Gabe. Assim como seus outros amigos, Cleo, Charlie, Freddie e Aurora. Ela vai vivenciando momentos simples, como participar de um festival local, mas conforme o tempo passa na cidade e junto do Gabe, e se encontrando todas as noites, ela se apaixona por ele, e ele por ela. A história toda se desenvolve bem e a questão principal é que Gabe esconde um segredo. E de alguma forma, Jenna foi merecedora dessa confiança. 

Cada personagem da história é impressionante, são muito humanos, sensíveis e verdadeiros, inclusive os secundários, que dão um toque especial para a história. O enredo e a ideia principal do livro é forte, mas contado de forma muito suave. Além disso, as passagens do tempo são perfeitas, de forma que você não percebe a mudança da personagem de garota-problemática para uma garota-sensível e soou de forma bem verdadeira.
"Amar Gabe me ensinou muitas coisas. Por exemplo, a aprender com meus erros e perdoar os erros dos outros. Não tenho medo de encarar aquilo em que acredito e não me sinto obrigada a fazer o que todos querem que eu faça. Não estou mais em segundo plano."
"Soul Love" apresenta um romance, mas ele aparece como um plano de fundo, sentimentos como respeito, altruísmo, amizade, dor prevalecem na história. Assim como o amadurecimento, responsabilidade, promessas, perdão e compreensão. 

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Resenha | O Irresistível Café de Cupcakes - Mary Simses

Ellen é uma advogada de Manhattan e seu noivo está prestes a se tornar um importante político. Tudo em sua vida parece estar perfeito e no caminho certo. Até que ela decide realizar o último desejo de sua avó e entregar em mãos uma carta. Para isso, ela precisa ir para Beacon, uma charmosa cidadezinha do interior. Entre cupcakes de blueberry e deliciosas rosquinhas, Ellen desvenda os mistérios da vida de sua avó. Aos poucos, ela descobre os simples prazeres da vida e que "perfeito" nem sempre é o que parece.
O romance de estreia da autora Mary Simses traz uma deliciosa história (não só no nome), com uma trama bem escrita e rica em detalhes, bons diálogos e personagens divertidos. É aquele típico romance levinho mas com um algo a mais que o torna, talvez, irresistível, como o título sugere.



Ellen está disposta a cumprir o último desejo da sua avó: ela precisa entregar uma carta de amor em mãos para Chet Cummings na pequena cidade de Beacon, onde os acontecimentos é de conhecimento de todos. Como advogada, Ellen tem tudo planejado nos mínimos detalhes e não pretende ficar mais do que 24 horas na cidade. Tudo o que ela precisa fazer é entregar a carta, voltar para Nova York, sua carreira de sucesso e os braços do noivo, Hayden Croft. Mas como qualquer pessoa, ela também tem momentos de leveza e espontaneidade, e é nesse momento que sua vida toma outro rumo, sem ela perceber. Quando Ellen se distrai com sua câmera, ela acaba se afogando no mar e é resgatada por Roy - o carpinteiro do local. Levada pelo impulso de ter sido salva, ela o beija. Lembrando que Beacon é uma cidade pequena, tem um jornal local, muita receptividade... Sabe como é. Além disso, ela descobre que encontrar o Chet não é tão simples assim. E quando isso acontece, ela percebe que precisa ficar mais que um dia no local. 

Entre encontros e desencontros, alguns divertidos, outros desastrosos, Ellen se vê em um grande dilema, quanto mais tempo ela fica no lugar, mais fácil ela visualiza um futuro ali. Conhecer o passado da avó, aquela que tanto amou e tanto a ensinou, trouxe mais do que ela esperava, trouxe questionamentos para a vida, trouxe o amor, a leveza e simplicidade da vida e trouxe blueberries também.
"Talvez seja necessário entender melhor os seus sentimentos. Quer dizer, os seus sentimentos de verdade. Isso pode ser um pouco mais difícil do que você imagina."

O livro é narrado em primeira pessoa e os diálogos são no estilo dos livros americanos, "entre aspas". A narrativa é deliciosa, não é cansativa e os personagens são realmente muito cativantes. É claro que algumas partes da história possui aquele clichê básico, mas a forma como são contados cada encontro (proposital ou não) é gostoso de ler e te faz imaginar/querer estar no lugar da personagem, o romance presente na história surge de forma gradual, suave e sincero, o que torna a leitura ainda mais agradável. 

Não tome essa leitura com uma expectativa de que vai ler o livro da sua vida. "O Irresistível Café de Cupcakes" cumpre o que diz: diversão e romance. Para ser lido em uma tarde acompanhado de um bom cupcake (não necessariamente de blueberry). Recomendo!

Projeto 6 on 6 | Férias

Ahh, chegou mais um dia do projeto fotográfico 6 on 6, vocês podem conferir o primeiro desafio aqui, mas antes, confira as fotos do tema do mês de julho: FÉRIAS. Eu já expliquei no primeiro post como funciona o projeto, é bem simples: postar todo dia 6 do mês, 06 fotos de um determinado tema escolhido pelas 6 blogueiras participantes, durante 6 meses. Mas como nosso assunto predominante, são os livros, nossas fotos são voltadas especialmente para eles. É bem divertido ver o que saí no final do dia. Cada foto mais linda que a outra. Vocês podem conferir as fotos das outras participantes no final do post ;)

O que vocês fazem nas suas férias? Eu confesso que adoro ficar quietinha, na preguicinha mesmo, vendo filmes, desenhando (ou tentando), lendo, ah, e sobre isso... Eu já separo aqueeeeeela pilha de livros pra ler. O que não significa que vou conseguir ler todos. Na verdade isso sempre acontece, eu nunca consigo ler todos que separo, mas tento.












Vocês podem conferir mais fotos do projeto nos blogs participantes: 

Livy (no mundo dos livros) | Lu (psicose literária) | Mari (na estrada da fantasia) | Ana e Bia (na sua estante) | Mile (books on first)

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Resultado | Sorteio Primeiras Impressões + marcadores

Enfim saiu o resultado. Obrigada a todos que participaram! Eu fiquei com o coração apertado na hora do sorteio, porque a maioria disse que estava torcendo e querendo muito. Sei como é isso... Já estive desse lado também. Mas infelizmente é só um prêmio :( 

Fiz o sorteio no site SORTEADOR, e saiu o número 17, corresponde a Luana Machado Borges! Entrarei em contato com ela hoje ainda! Parabéns!! Um grande beijo para todos!
Tamyres.