sexta-feira, 29 de maio de 2015

Resenha | Antes de Dormir - S. J. Watson

Antes de DormirTodas as manhãs, Christine acorda sem saber onde está. Suas memórias desaparecem todas as vezes que ela dorme. Seu marido, Ben, é um estranho. Todos os dias ele tem de recontar a vida deles e o misterioso acidente que tornou Christine uma amnésica. Encorajada por um médico, ela começa a escrever um diário para ajudá-la a reconstruir suas memórias mas acaba descobrindo que a única pessoa em quem confia talvez esteja contando apenas parte da história.
"Antes de dormir" é o livro de estreia de S.J. Watson, lançado aqui pela Galera Record. E já tem uma adaptação no cinema com autores como Nicole Kidman e Colin Firth

Imagine você, acordando sem saber onde está? Com quem está? Pior, sem saber sobre você mesma, para logo em seguida saber que você sofreu um acidente e que perdeu anos da sua vida. Christine Lucas precisa lidar com um ciclo na sua vida. Sempre quando ela acorda, precisa lidar com a ideia de que agora é uma mulher com 47 anos que não retém nenhum tipo de memória.

Todos os dias ela acorda com um homem chamado Ben. Ele sempre explica tudo o que aconteceu com ela, é muito dedicado. Sempre a mesma rotina. Quando ele sai para trabalhar, Christine recebe uma ligação de um médico, o Dr. Nash, que lhe explica que ele está trabalhando para ajudar a recuperar sua memória. Para isso, ela a lembra que ela passa a escrever em um diário tudo o que descobre, desde as coisas que faz a tudo o que os outros ao seu redor dizem. 

Depois da ligação, Christine pega o diário para ler e a primeira linha que é apresentada ao leitor, fora o nome da protagonista, é a frase: "NÃO CONFIE EM BEN". Escrito em letras grandes e legíveis. O que me condicionou a desconfiar do marido imediatamente, mas as atitudes dele muitas vezes me fizeram pensar o contrário. Realmente entrei em um jogo de desconfiança entre tudo e todos. Durante a leitura das páginas do diário, dúvidas começam a surgir. As perguntas iniciais "o que está havendo?", "quem é você?" começam a tomar outros significados, se tornam mais profundas e mais reveladoras.

Além de viver um mundo de descobertas diariamente, Christine também vive com suas desconfianças. Ela vê a dedicação do marido com ela, mas não consegue criar um laço com Ben, não consegue enxergá-lo com carinho. A medida que ela vai lendo seu diário, sentimentos como culpa, ódio, amor, saudade  não saem da sua cabeça. 

A minha única ressalva é que livros que contém o assunto amnésia, acabam se tornando repetitivos demais e com "Antes de dormir", não foi diferente. Mas o suspense é tanto que a gente quer porque quer continuar lendo e descobrir o que vai acontecer.

No entanto, a narração é muito boa e apesar da repetição, não se torna cansativa, pois achei que tem até um ritmo acelerado e com muitas reviravoltas. Nas partes finais do livro, acho que foi meu coração que acelerou. Essas páginas são de tirar o fôlego, quando tudo começa a fazer sentido e fiquei com o sentimento de: fui enganada! Um final eletrizante, mas um pouco aberto, deixando o imaginário de leitor agir. Achei um livro genial! Agoniante, instigante e muito perturbador. Quem gosta de thrillers psicológicos/suspense, acredito que vai gostar do livro também! 

Um comentário:

  1. Oi, Tamyres!
    Amo thrillers psicológicos/suspense, e amei ler esse livro! Também achei muito perturbador e agoniante, mas a leitura é fantástica! Ainda não assisti a adaptação para os cinemas mas pretendo.
    Recomendo o livro com certeza!
    Bjos!

    ResponderExcluir