quarta-feira, 15 de abril de 2015

Resenha | Sempre Foi você - Ana Lemos


SINOPSE: Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de Direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga, Anna. O amor parece não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos, breves e decepcionantes relacionamentos.No entanto, esta linda e inteligente mulher será surpreendida por uma forcinha do destino ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão do curso. Marco Salvatore é uma lenda dos Tribunais, talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade, porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos. O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer Marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fazer Lucy acreditar que pode viver um grande amor? (SKOOB)

Semana passada chegou o livro da Ana Lemos aqui, Sempre foi Você, o primeiro livro da trilogia Amores Traçados. E... Estou encantada com a capa. Se eu já estava in love pelas fotos do livro, imagina pegando e folheando ele? Ahhh como leitor(a) é bobo hahaha. Como a semana foi um pouco apertada na faculdade, eu demorei um pouco mais para ler. Entretanto, porém, todavia, eu andava com o livro pra cima e para baixo e qualquer intervalo eu voltava para o romance ardente de Lucy Somel e Marco Salvatore. Sim, "romance ardente". É o meu primeiro contato com esse tipo de livro com um toque de erotismo. Não tenho nenhum tipo de parâmetro, como Cinquenta Tons de Cinza ou qualquer livro da Megan Maxwell (fãs do Gideon Cross, vocês tem algo em comum com a protagonista, é o favorito dela). 

Ah, no final da página coloquei um vídeo com o clipe do Michael Bublé, Everything. É a música que embala o romance do Marco e da Lucy, depois de escutá-la fez muito sentido, a música é linda, a voz dele é linda e super combinou. Se quiserem, podem escutar também!


"O negócio é o seguinte, amigas, anotem aí: o segredo é a alma do negócio. Você não pode revelar tudo nos primeiros encontros. Sempre tem que haver um fator surpresa para manter a chama acesa." (pág. 254)

Tudo começa quando Lucy ainda no Brasil, se torna uma grande amiga de Anna, a nova americana na no ensino médio. Passa o tempo, as duas decidem que querem se tornar grandes advogadas. Tamanha é a convivência e companheirismo das duas, Lucy - que já faz parte da família de Anna - tem a permissão de tornar um dos seus grandes sonhos realidade e estudar no exterior. Passados os anos estudos (contados bem rápidos no livro) elas enfim chegam ao último ano da faculdade, ao "TCC" e a tão querida e sonhada formatura. Mas nesse meio tempo, Lucy precisa encarar seu orientador da monografia. Concentrada e focada nos estudos, tudo teria dado super certo se o tal Dr. Marco Salvatore não fosse jovem, lindo, sedutor, charmoso e italiano (Mamma mia!). A conexão e desejo dos dois é imediata e mútua. 


" (...) Isso é maravilhoso, porque muita gente jamais tem a chance de viver um grande amor." (pág. 136)

Ainda que o livro tenha um apelo sexual, existe um amor muito forte entre os personagens. Embora tudo tenha acontecido muito rápido e intenso. Mas aí que tá a coisa, onde o título do livro fez sentido para mim. Sempre foi você. Sempre foi eles. Foi um amor à primeira vista , é um romance verdadeiro misturado com uma sensualidade, desejo e luxúria. 


"(...) Não tenho nenhuma dúvida a respeito disso, desde o dia em que percebi que estava apaixonado por você, Lucy. Sempre foi você!" (pág. 248)

Fiquei curiosa com o final, gostei que o Andrew teve um capítulo só dele, mas achei que podia ter algumas páginas a mais explicando seus sentimentos e deixar transparecer mais um pouquinho do que podemos esperar do próximo livro (ok, talvez eu estou pedindo demais hehehe). Andrew é irmão da Anna e também da Lucy, e é um mistério a parte, já estou super curiosa e ansiosa para o segundo volume da trilogia. Também achei que faltou um capítulo para a Anna, embora a Lucy é a parte mais interessada, ela também merece e teve muita importância na história. Entretanto, isso não foi um fator que atrapalhou a história. Gostei da experiência com a história, que foi uma grata surpresa. Além do belo trabalho da Ana, também devo dizer que me apaixonei pelo trabalho gráfico, como já deixei bem claro nas primeiras linhas da resenha. O livro da Ana Lemos faz parte da Editora Novo Seculo, no selo Talentos da Literatura Brasileira.

E clique aqui, para conhecer um pouco mais sobre a parceira do Um Amor de Livro.





3 comentários:

  1. O livro da Ana está esgotado em vários lugares! Pelo jeito é sucessoo! hahah
    Fiquei ainda mais curiosa com essa resenha! hhaha

    Beijoo, Tamy!
    http://psicoselliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Tamyres, sou parceira da Ana tbm, não li a resenha pq tbm vou fazer a minha, porém assim q estiver pronta voltarei para conversarmos sobre o livro dela! Adorei o blog e ja estou seguindo! :D

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito desse livro e estou morrendo de ansiedade pelo próximo.
    No começo eu fiquei "Ah vá, muito surreal isso aqui", mas depois eu fui me apaixonando pelos personagens e não vejo a hora de conhecer a próxima história, as últimas páginas me deixaram também com um gostinho de quero mais.
    Beijos

    ResponderExcluir